Unhas encravadas

Artigo escrito por

As nossas unhas são uma parte bastante delicada do nosso corpo. Quando não as tratamos bem, elas ressentem-se, causando problemas ao nosso bem estar. Um erro frequente das pessoas é o de cortar os cantos das unhas, abrindo um espaço para a unha crescer erradamente contra a nossa pele, causando dores fortes que nos podem incomodar seriamente.

 Como é que as unhas encravam?

Existem várias formas de se ficar com unhas encravadas, sendo a escolha do calçado uma das mais importantes. Infelizmente, com o passar dos anos, a indústria do calçado foi apostando mais na modernização e design futurista dos sapatos, ao invés de apostar no conforto. Muito calçado não se adapta correctamente às suas unhas, por isso deve escolher bem na hora de comprar, privilegiando o conforto à estética. A forma como temos o pé durante o sono também é importante, pois quando estamos deitados, a roupa da cama pode causar pressão sobre as unhas, que com o passar das noites, podem acabar por seguir sentidos que não são naturais.

 O corte correto das unhas

Devemos cortar as nossas unhas a direito, seguindo uma linha curva que não demonstre falhas ou lugares onde a unha fica maior ou mais pequena. Evite cortar muito nos cantos para que a unha não cresça para dentro da pele, o que acontece frequentemente, sobretudo se deixar alguma parte da zona lateral mal cortada. Não corte as unhas «demasiado curtas, pois devemos deixar uma pequena parte livre para que a unha não entre na pele do dedo. Corte após um bom banho quente, mas sem deixar os pés húmidos durante muito tempo, pois pode ser prejudicial e uma ajuda para que fique com as unhas encravadas.

Trate bem as suas unhas, pois quando temos uma unha encravada, costumamos desenvolver hábitos no andar, para evitar a dor, que podem custar a desaparecer no futuro.