Unhas sofrem alterações na gravidez

A gravidez é um momento sublime na vida de qualquer mulher, mas juntamente com a felicidade de se tornar mãe, vêm várias alterações no corpo que podem causar desconfortos até o final da gestação. Entre as partes do corpo feminino que sofrem mudanças na gravidez estão as unhas que podem ficar mais frágeis e quebradiças.

Unhas sofrem alterações na gravidez

Unhas sofrem alterações na gravidez

Muitas mulheres grávidas ficam nervosas só em pensar a respeito das mudanças que ocorrerão no seu corpo durante o período de nove meses de gravidez.

As unhas sofrem muitas alterações durante a gravidez e as mulheres não precisam deixar de ir a manicure normalmente. Porém, é fundamental ter atenção nos objetos da manicure, pois, devem ser descartáveis para que a gestante e seu bebê não contraiam doenças.

A dermatologista Lilia Guadanhim disse que as grávidas sofrem diversas alterações nas pontas dos dedos que são consideradas fisiológicas devido às mudanças em que o corpo da gestante está passando.

As unhas das grávidas perdem o brilho, descamam, ficam fracas e demoram mais para crescer. De acordo ainda com a dermatologista, essas mudanças podem ocorrer apenas nos três primeiros meses de gravidez ou se estenderem até o final do período, ou seja, por nove meses.

Como fortalecer as unhas durante a gravidez

Para deixar as unhas fortes durante esse período de mudanças, a especialista indica para as mulheres uma alimentação rica em proteínas, sendo que os alimentos conhecidas por ser ricos em proteínas são: feijão, leite, grão de bico, iogurte grego, ovos, leite de soja, queijo, peixes (sardinha, tilápia, linguado, salmão vermelho e atum branco), costela de porco, peito de peru e carne vermelha.

Além de manter uma dieta rica em proteínas para fortalecer as unhas na gravidez, as mulheres também precisam adotar alguns hábitos que farão toda a diferença, são eles: usar luvas nas atividades da casa, como lavar louça e lavar roupas, evitar deixar as mãos muito tempo dentro da água, substituir a acetona por removedores de esmalte, hidratar as unhas e as cutículas.

Já as gestantes que buscam dicas em relação à pintura das unhas, Lilia indica alternar o uso de esmaltes claros com escuros, porque os esmaltes claros podem ser removidos com menos produto o que evita o enfraquecimento da unha.

Qual o melhor esmalte para ser usado durante a gestação?

Para as grávidas que têm alergias aos esmaltes ou não se sentem bem em usar qualquer fórmula nas unhas, a dica da especialista é utilizar os esmaltes 5free, já que esses produtos são livres de componentes alérgicos comuns, por isso, causam bem menos alergias. Todas as grávidas devem apostar nos esmaltes 5free.

Embora as unhas das grávidas fiquem fracas durante esse período, não é indicado utilizar esmaltes fortalecedores, ainda mais os que trazem em sua composição o formol, porque além de poderem prejudicar as grávidas ainda fazem com que as unhas fiquem secas e mais frágeis.

Isso também acontece com as unhas dos pés, pois, as alterações ocorrem em todas as unhas das gestantes. Nas unhas das grávidas ainda pode ocorrer o espessamento da unha, também conhecido como hiperqueratose.

As unhas voltam ao normal depois da gestação?

A dermatologista Lilia Guadanhim afirmou que o espessamento da unha pode acontecer nos três primeiros meses de gravidez ou pode durar todo o período de gestação. As mulheres não precisam ficar preocupadas com as suas unhas, pois, elas voltarão ao normal de forma natural em no máximo 6 meses após o parto.

Nesses meses todas as mamães devem optar pelos esmaltes 5free e 3free, sendo que a primeira opção é a mais indicada.

Esses esmaltes podem ser encontrados em diferentes marcas e para encontrá-los basta ler o rótulo do produto que vem dizendo o que ele é e assim diminuirá ainda mais as chances de ter alergias durante a gravidez. Então se está grávida e as suas unhas estão com problemas siga as dicas acima e não se preocupe.

Leave a Reply

Your email address will not be published.